ITALY MUSEUM: Ingressos Museus. Roteiros guiados e experiências
Agência de Turismo Italiana Oficial

Jardins do Vaticano

Todas as Categorias

Roteiros Guiados

Jardins do Vaticano: descubra nossos roteiros guiados

Adicionar à Lista de Desejos

Os Jardins do Vaticano – Passeio de grupo

Roteiros Guiados

Os Jardins do Vaticano – Passeio de grupo

Visite os Jardins do Vaticano com um guia autorizado!

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • Entrada prioritária

  • voucher eletrônico aceito

  • visita de grupo

  • Duração: aprox. 2 horas

  • Guia multilíngue

A partir de 29.00 €

Reservar

Adicionar à Lista de Desejos

Os Jardins do Vaticano – Passeio com ônibus aberto e audioguia

Roteiros Guiados

Os Jardins do Vaticano – Passeio com ônibus aberto e audioguia

Um confortável passeio em um ônibus elétrico te levará a descobrir os Jardins do Vaticano.

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • Entrada prioritária

  • voucher eletrônico aceito

  • visita de grupo

  • Audioguia incluído

  • Duração: aprox. 1 hora

A partir de 28.00 €

Reservar

POR QUE VISITAR OS JARDINS DO VATICANO?

Os Jardins do Vaticano são um elogio à natureza na história e na fé, portanto, além de passear pelos seus caminhos e observar as suas esculturas, fontes, pequenos templos e grutas, você poderá admirar uma quantidade vívida de árvores, flores e plantas do mundo todo.
Os Jardins estão divididos em: Horta do Papa, Jardins Italianos e Jardins Ingleses. Possuem vários edifícios, incluindo o Palácio do Governo, o Tribunal do Estado e a Estação ferroviária do Vaticano.
Os Jardins do Vaticano oferecem uma oportunidade para admirar um lugar fascinante que reúne a beleza artística e a beleza da natureza.

UM POUCO DA HISTÓRIA DOS JARDINS DO VATICANO

Em 1279, o Papa Nicolau III transferiu a residência papal para o Vaticano e ordenou a construção de um muro de proteção. Dentro do muro cultivaram um pomar, um prado e um pequeno jardim.
Os jardins nasceram perto de Colle Sant'Egidio, onde atualmente é possível ver os Pátios dos Museus do Vaticano e o Palazzetto Belvedere. Na parte formada mais recentemente, encontra-se o ponto inicial das visitas aos Jardins do Vaticano.
Entre 1500 e 1600 o jardim dentro do Vaticano adquiriu cada vez mais esplendor com as melhorias realizadas por Bramante, Ligorio e pelos pintores Tempesta, Maggi e Falda. Foram construídas fontes, templos e estátuas que decoram o jardim com um toque de estilo renascentista.

O QUE SÃO OS JARDINS DO VATICANO ATUALMENTE?

Hoje os Jardins do Vaticano ocupam quase dois terços da superfície da Cidade do Vaticano. São usados pelo Papa como lugar de descanso e meditação.
Ainda hoje estão presentes algumas partes das Muralhas Leoninas e as duas torres de seção circular, Torre della Radio e Torre Gregoriana. Dentro dos caminhos dos Jardins, você encontrará muitas fontes e alguns pequenos templos, santuários e grutas, como a gruta da Madonna della Guardia.
Dentro do Vaticano, há também um heliporto inserido pelo Papa Paulo VI. Para chegar até ele, atravesse a parte dos Jardins Franceses, onde encontram-se algumas das árvores mais importantes e a grande cisterna, colocada no solo e que coleta milhões de litros de água para a irrigação dos Jardins e para alimentar as fontes e os estoques em caso de incêndio.

CURIOSIDADES SOBRE OS JARDINS DO VATICANO

Você sabia que as Muralhas Leoninas, das quais ainda há ruínas na Cidade do Vaticano, foram construídas a pedido do Papa Leão IV para proteger a Basílica de São Pedro e a Colina do Vaticano? O primeiro projeto das paredes é caracterizado pela forma de ferradura que abraça a área de proteção a partir do Mausoléu de Adriano e descendo em direção ao rio Tibre, ao lado da Colina do Janículo (Colline del Gianicolo).
Você sabia que uma das fontes dos Jardins do Vaticano é a Fontana della Galera? Construída em 1621, retrata uma nave de batalha com canhões e velas, de onde saem os jatos de água. Uma outra fonte é a Fontana dell'Aquila, construída sobre um pequeno penhasco com dragões e águias representados.

COMO POSSO VISITAR OS JARDINS DO VATICANO?

Os Jardins do Vaticano só podem ser visitados participando de uma visita de grupo guiada organizada pelos Museus ou reservando um passeio de ônibus elétrico com audioguia.
Atenção: Ambas as opções incluem o ingresso com entrada prioritária para os Museus do Vaticano.

OUTRAS ATRAÇÕES

Os Jardins do Vaticano servem como moldura para vários lugares extraordinários que você pode visitar dentro da Cidade do Vaticano. Algumas paradas obrigatórias são os Museus do Vaticano, que expõe inúmeras obras pertencentes aos Papas, a Basílica de São Pedro com a sua imponente arquitetura e o renomado “Cupolone” (cúpula) e a Capela Sistina, onde você poderá admirar os incríveis afrescos de Michelangelo.
Saindo da Cidade do Vaticano e com o Mapa de Roma em mãos, você poderá continuar a sua visita pela Capital. Você não pode deixar de visitar o Coliseu, o símbolo de Roma famoso no mundo todo, e a partir do Coliseu poderá redescobrir as ruínas do Palatino e do Fórum Romano. Muito interessante do ponto de vista artístico e arqueológico são os sítios das Termas de Caracala e da Villa dos Quintílios na Via Appia Antica, onde você também poderá ver o Túmulo de Cecília Metela.
Quatro museus importantes de Roma foram reunidos para compor o Museu Nacional Romano, o Palazzo Massimo, o Palazzo Altemps, as Termas de Diocleciano e a Cripta de Balbo. Os Museus Capitolinos, cujo nascimento data de 1471, possuem muitas obras reunidas a partir daquela época e encontram-se no centro de Roma, perto do Capitólio e do Altar da Pátria. Não muito longe encontra-se um outro lugar que vala a pena ser visitado, composto hoje das ruínas da majestosa villa que um dia pertenceu ao Imperador Nero, a Domus Aurea.
Voltando em direção ao rio Tibre, você poderá visitar o Museu da Ara Pacis e do outro lado do rio, o Castelo de Santo Ângelo. Um dos parques mais frequentados pelos romanos é o parque da Villa Borghese e dentro dele é possível visitar a Villa e a Galeria Borghese. Um outro lugar de interesse particular que você pode visitar em Roma, são as Catacumbas; mas se você quiser passear pelas redondezas de Roma, poderá organizar uma visita à belíssima aldeia de Castel Gandolfo, ou visitar a Villa d'Este em Tivoli com os seus incríveis jardins.

Vaticano: Atrações