ITALY MUSEUM: Ingressos Museus. Roteiros guiados e experiências
Agência de Turismo Italiana Oficial

Duomo de Florença

Todas as Categorias

Roteiros Guiados

Roteiros Privados

Duomo de Florença: descubra nossos roteiros guiados

Adicionar à Lista de Desejos

Visita Guiada do Duomo de Florença

Roteiros Guiados

Visita Guiada do Duomo de Florença

Entre no majestoso Duomo de Florença e aprecie a genialidade de Brunelleschi admirando a maravilhosa Cúpula.

  • confirmação por email

  • voucher eletrônico aceito

  • visita de grupo

  • Duração: aprox. 2 horas

A partir de 24.00 €

Reservar

Adicionar à Lista de Desejos

Visita de Grupo guiada a Catedral de Florença e seus Terraços

Roteiros Guiados

Visita de Grupo guiada a Catedral de Florença e seus Terraços

Uma incrível visita à Catedral com vista para a cidade!

  • entrada reservada

  • guia em inglês

  • confirmação por email

  • Entrada prioritária

  • voucher eletrônico aceito

  • visita de grupo

  • Duração: aprox. 2 horas

A partir de 34.50 €

Reservar

Adicionar à Lista de Desejos

Inferno – seguindo os passos de Dan Brown

Roteiros Guiados

Inferno – seguindo os passos de Dan Brown

Percorra o romance de Dan Brown com este entusiasmante passeio!

  • confirmação por email

  • voucher eletrônico aceito

  • visita de grupo

  • Duração: aprox. 2 horas

A partir de 19.00 €

Reservar

Duomo de Florença: aproveite nosso roteiro com um guia privado!

Adicionar à Lista de Desejos

O Inferno de Dan Brown – Passeio a pé com guia privado

Roteiros Privados

O Inferno de Dan Brown – Passeio a pé com guia privado

Visite Florença com um guia experiente e descubra os lugares citados no famoso livro “Inferno”.

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • Entrada prioritária

  • voucher eletrônico aceito

  • Duração: aprox. 3 horas

  • guia privado

A partir de 48.60 €

Reservar

POR QUE VISITAR O DUOMO DE FLORENÇA, CATEDRAL DE SANTA MARIA DEL FIORE?

Talvez por ser o símbolo mais importante da cidade de Florença e uma das igrejas mais incríveis que você pode visitar na Itália, além de ser a terceira igreja do mundo depois de São Pedro em Roma e São Paulo em Roma. Uma vez dentro, você ficará fascinado pelas imensas naves com belos vitrais, afrescos, monumentos e estátuas de excelentes mestres da época, como Brunelleschi, Donatello, Paolo Uccello, Ghiberti e muitos outros. Você também poderá admirar o seu interior com afrescos com o tema do Juízo Final de Vasari e Borghini da estupenda cúpula de Brunelleschi.

UM POUCO DA HISTÓRIA DO DUOMO DE FLORENÇA, CATEDRAL DE SANTA MARIA DEL FIORE

O Duomo de Florença é a Catedral Santa Maria del Fiore. O nome é dedicado à Virgem e a Flor é sinônimo de Cristo, que brotou do seu caule, que é Maria, a flor também é vista como uma referência ao lírio, símbolo da cidade. O Duomo de Florença nasce sobre a antiga catedral de Santa Reparata e é o resultado de mais de 150 anos de projeção e construção; é de fato no final de 1300 quando o arquiteto Arnolfo de Cambio iniciou os trabalhos para a reconstrução da parte externa do Duomo. Outros artistas o seguiram ao longo dos anos e fizeram inúmeras modificações, como Francesco Talenti, que assumiu o controle na segunda metade do século XIV; as duas capelas do lado este da igreja foram construídas no início dos anos 1400 e a famosa cúpula foi construída em 16 anos, de 1418 até 1434 pelo grande mestre Filippo Brunelleschi. A lanterna é póstuma à morte de Brunelleschi e a bola dourada de Andrea del Verrocchio foi posicionada em 1466. Com o projeto do arquiteto Emilio De Fabris, no final de 1800 foi concluída a atual fachada em estilo neogótico, que é também uma obra de grande escultura em homenagem a Maria.
O interior da catedral é imenso, o espaço imponente é acentuado pela sobriedade dos móveis que refletem o ideal de espiritualidade de Florença no início do Renascimento; as decorações mais ricas dos pisos de mármore policromado e os nichos dentro da Catedral pertencem ao período seguinte com o Grão-duque de Florença.
Em 25 março de 1436 a igreja foi consagrada pelo Papa Eugenio IV durante o ano novo florentino, e a partir desse dia, a Catedral de Santa Maria del Fiore é utilizada para a maioria das celebrações florentinas.

O QUE É O DUOMO DE FLORENÇA, CATEDRAL DE SANTA MARIA DEL FIORE ATUALMENTE?

O Duomo de Florença é a Catedral da Arquidiocese da cidade, é a terceira maior igreja do mundo e a maior da Europa. Tem capacidade para até trinta mil pessoas, 153 metros de comprimento, 90 metros de largura e uma altura desde o chão até a lanterna de 90 metros. A Catedral não possuiu um único estilo arquitetônico e artístico, mas é o resultado de variações ao longo dos anos necessários para a sua construção. Os ambientes idealizados pelo primeiro arquiteto, Arnolfo de Cambio, são clássicos com três naves, o coro e o altar principal cercado por tribunas e depois coroado pela famosa cúpula de Brunelleschi.
O interior da Catedral tem a maior superfície já pintada com afrescos, afrescos realizados por Vasari e Zuccari na segunda metade do século XVI. O estilo que prevalece no interior é sempre simples e austero, com espaços muito amplos e poucos pilares de sustentação. No perímetro interno da igreja há uma galeria e o complexo de janelas decoradas é o mais rico da Itália, das 55 janelas totais, 44 são decoradas.

CURIOSIDADES SOBRE O DUOMO DE FLORENÇA, CATEDRAL DE SANTA MARIA DEL FIORE

Você sabia que a cúpula de Santa Maria del Fiore projetada e construída por Filippo Brunelleschi foi construída com uma técnica inovadora para a época? Brunelleschi de fato conseguiu dar a curvatura à cúpula sem a ajuda da uma armadura graças ao estudo de uma cúpula dupla com um espaço intermédio onde utilizou cunhas localizadas em forma de espinhas de peixe criando a estrutura de suporte para a abóbada externa que só tinha a função de cobertura.
Você sabia que na lateral da Catedral, do lado que dá para a Via dei Servi, sob o beiral e perto do tambor da cúpula, foi colocada uma escultura de mármore representando a cabeça de um touro? O motivo dessa decoração parece ser homenagear os animais que foram usados na época da construção do Duomo. No entanto, uma lenda diz que a cabeça do touro foi colocada na fachada lateral por um mestre carpinteiro empregado no canteiro de obras do Duomo; diz-se que o homem era o amante da esposa do padeiro que tinha uma loja em frente ao canteiro, o padeiro descobriu os amantes e os denunciou ao Tribunal Eclesiástico. O carpinteiro condenado decidiu se vingar colocando a cabeça do animal com chifres na Catedral, bem na frente da loja do padeiro traído.
Você sabia que a porta direita da fachada de Santa Maria del Fiore foi obra de um jovem artista da época, Giuseppe Cassioli? O artista se dedicou muito à decoração da porta, mas a entregou com atraso. A Comissão Julgadora e o povo florentino receberam bem o seu trabalho; infelizmente, o atraso na entrega foi fonte de inúmeros problemas para o artista, incluindo legais. Esta é a razão pela qual Cassioli quis marcar as desgraças e perseguições sofridas naquele período na decoração da porta. Observando-a bem é possível ver o rosto do artista protuberante com uma serpente em volta do pescoço, um símbolo da pressão sofrida.

COMO POSSO VISITAR O DUOMO DE FLORENÇA CATEDRAL DE SANTA MARIA DEL FIORE?

Você pode visitar o Duomo de Florença, ou Catedral de Santa Maria del Fiore, gratuitamente, não é necessário comprar nenhum ingresso.
Se você deseja admirar ao máximo esta majestosa Catedral, recomendamos participar de uma visita de grupo guiada ou reservar uma visita com um guia privado.

OUTRAS ATRAÇÕES

Praça do Duomo com o Duomo de Florença, o Campanário de Giotto e o Batistério de San Giovanni, encontra-se muito próximo a vários outros importantes monumentos que podem ser vistos no Mapa de Florença. O quarteirão de São Lourenço com a Igreja e as Capelas dos Médici, a Praça de São Marcos com a Igreja e o Museu de São Marcos e a Piazza Santíssima Annunziata ao lado com o Hospital dos Inocentes, a Igreja e o Museu Arqueológico.
Outra praça muito importante de Florença é sem dúvidas a Piazza della Signoria, sede do Palácio Vecchio e do poder civil da cidade. Na época do Grão-Ducado da Toscana, o Palácio Vecchio foi conectado ao Palácio Pitti através do Corredor Vasariano, um percurso de 1km que passa pela Galeria Uffizi, uma das galerias de arte mais famosas do mundo, pela famosa Ponte Vecchio, pelo Jardim de Boboli até chegar ao Palácio Pitti. Neste último edifício há duas galerias maravilhosas de arte: a Galeria Palatina e a Galeria de Arte Moderna.
Daquele lado do Rio Arno encontra-se o Museu Bardini e também a Piazzale Michelangelo, em uma posição elevada sobre a cidade e com uma excelente vista que emoldura Florença. Nesta Praça está exposta uma cópia de bronze do David de Michelangelo. Se você se interessar esculturas, visite o Museu Bargello.
Se você quiser conhecer as casas no centro de Florença dedicadas a dois grandes artistas, poderá visitar a Casa de Dante e a Casa Buonarroti, por outro lado se você quiser sair da cidade, organize uma visita a Arezzo, à Torre Inclinada de Pisa, ao Duomo de Siena ou aos povoados de Vinci e San Gimignano.

Florença: Atrações