ITALY MUSEUM: Ingressos Museus. Roteiros guiados e experiências
Agência de Turismo Italiana Oficial

Itinerários Secretos do Palácio Ducal

Todas as Categorias

Roteiros Guiados

Roteiros Privados

Itinerários Secretos do Palácio Ducal: descubra nossos roteiros guiados

Adicionar à Lista de Desejos

Itinerários Secretos do Palácio Ducal – Visita guiada em Veneza

Roteiros Guiados

Itinerários Secretos do Palácio Ducal – Visita guiada em Veneza

Descubra os lugares secretos do Palácio Ducal com um guia experiente!

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • visita de grupo

  • Atenção: voucher para impressão

  • Duração: aprox. 2 horas

A partir de 19.40 €

Reservar

Adicionar à Lista de Desejos

Os Tesouros Escondidos do Doge - Visita guiada em Veneza

Roteiros Guiados

Os Tesouros Escondidos do Doge - Visita guiada em Veneza

Um itinerário histórico-artístico no interior do Palácio Ducal, percorrendo os ambientes reservados para o Doge!

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • visita de grupo

  • Atenção: voucher para impressão

  • Duração: aprox. 2 horas

A partir de 19.40 €

Reservar

Itinerários Secretos do Palácio Ducal: aproveite nosso roteiro com um guia privado!

Adicionar à Lista de Desejos

Veneza a pé e os Itinerários Secretos do Palácio Ducal com guia privado

Roteiros Privados

Veneza a pé e os Itinerários Secretos do Palácio Ducal com guia privado

Depois de admirar a Praça de São Marcos, visite os Itinerários Secretos do Palácio Ducal!

  • entrada reservada

  • confirmação por email

  • Entrada prioritária

  • voucher eletrônico aceito

  • Duração: aprox. 3 horas

  • guia privado

A partir de 87.00 €

Reservar

QUAL É O PERCURSO DOS ITINERÁRIOS SECRETOS DO PALÁCIO DUCAL?

Os Itinerários Secretos do Palácio Ducal são formados por um percurso pelas salas que eram usadas para delicadas questões administrativas ou para o exercício do poder. A visita pelos Itinerários Secretos é realizada com a reserva de um guia.
O percurso começa no pátio do Palácio, onde atravessamos uma pequena porta para acessar os Poços. Os Poços eram onde os prisioneiros eram mantidos, celas pequenas, úmidas e pouco ventiladas. Subindo uma pequena escada chegamos a duas salas que abrigavam o Notário Ducal e o Deputado do Conselho Secreto dos Dez. Subindo ainda mais você chegará ao Escritório do Grande Chanceler, ou seja, da pessoa encarregada de administrar o arquivo, diretamente nomeada pelo Grande Conselho. Do Escritório do Grande Chanceler, através de uma escada, você chegará até a Sala da Chancelaria Secreta, com paredes cobertas por grandes armários onde eram conservados os atos públicos e as escrituras privadas. O percurso continua em direção a um lugar que ate hoje amedronta, a Sala da Tortura ou o Quarto do Tormento, onde os magistrados interrogavam os prisioneiros, usando inclusive métodos de tortura. A partir da Sala da Tortura você chegará até os "Piombi", celas da prisão que receberam este nome devido ao teto formado por placas de chumbo, onde Giacomo Casanova foi aprisionado. A visita continua no subsolo, na Sala dos Inquisidores. Os Inquisidores eram um órgão judicial composto por três membros, dois eram escolhidos dentro do Conselho dos Dez e o outro entre conselheiros ducais. A "Sala dei Tre Capi” por sua vez era dedicada aos magistrados que eram trocados mensalmente e eram responsáveis por realizar os processos e pela implementação das decisões do Conselho. Nesta sala há uma passagem secreta escondida em um armário que leva até a Sala do Conselho dos Dez.

CURIOSIDADES SOBRE OS ITINERÁRIOS SECRETOS DO PALÁCIO DUCAL

Você sabia que os Piombi faziam parte das prisões colocadas no sótão e o nome deriva do material usado para fazer as placas que formam o telhado? O Conselho dos Dez tinha o poder de decidir quem seria preso nos Piombi e, normalmente, eram aqueles que haviam cometido crimes políticos ou aqueles que haviam sido detidos e estavam aguardando julgamento. As condições de detenção nos Piombi eram inferiores às das Novas Prisões, mas definitivamente melhor do que aquelas dos Poços.
Você sabia que Giacomo Casanova foi preso dentro dos Piombi sob a acusação de "libertinagem" na noite entre 25 e 26 de julho de 1755? Naquela época os detentos não eram informados a duração da detenção, nem a razão pela qual foram acusados e Casanova, não sabendo quanto tempo permaneceria nos Piombi, escapou da prisão organizando a fuga através de uma passagem cavada no teto pela qual conseguiu chegar aos telhados, entrar no Palácio e sair pela porta da frente, afastando-se rapidamente em uma gôndola.

COMO POSSO VISITAR OS ITINERÁRIOS SECRETOS DO PALÁCIO DUCAL?

Os Itinerários Secretos do Palácio Ducal só podem ser visitados na companhia de um guia experiente, o percurso inclui espaços apertados e degraus íngremes. Você pode escolher a opção mais adequada às suas necessidades: a visita de grupo com horário de início fixo ou a visita com um guia privado.

OUTRAS ATRAÇÕES

O Palácio Ducal faz parte dos Museus da Praça de São Marcos, que podem ser visitados com o Venice Museum Pass juntamente com os Museus Cívicos de Veneza. Se você estiver na Praça de São Marcos poderá visitar a Basílica de São Marcos que é a igreja símbolo de Veneza há séculos, juntando o estilo oriental com o ocidental e criando um efeito especial dentro e fora. Ainda na Praça de São Marcos você poderá ver a Torre do Relógio e visitar os Museus que delimitam a Praça, como o Museu Correr que nasceu com a doação do colecionador Teodoro Correr, e o Museu Arqueológico que exibe uma rica coleção de objetos antigos, de estátuas e esculturas gregas e romanas. Também fazem parte dos Museus da Praça de São Marcos, os Quartos Monumentais da Biblioteca Marciana, uma das maiores bibliotecas italianas e que também possui textos gregos, latinos e orientais.
Entre os Museus Cívicos de Veneza encontram-se dois edifícios históricos da cidade, o Ca' Rezzonico e o Ca' Pesaro que abrigam respectivamente uma galeria de quadros de pintores do século XVIII veneziano e a Galeria Internacional de Arte Moderna; a Casa de Carlo Goldoni e o Palácio Mocenigo que hoje é a sede do Centro de Estudos da História do Tecido e do Traje e, nas ilhas de Veneza, Murano, Burano e Torcello é possível visitar o Museu o Vidro em Murano e o Museu das Rendas em Burano. Um outro museu que faz parte do Museus Cívicos é o Museu da História Natural, localizado no edifício chamado Fontego dei Turchi, com vista para o Grande Canal.
Veneza é uma cidade muito especial, especialmente porque o seu território é atravessado por canais que tornam esta cidade única no mundo e esta característica fez com que fosse necessário construir um número considerável de pontes, entre as mais conhecidas estão a Ponte de Rialto e a Ponte dos Suspiros que liga o Palácio Ducal às prisões.
O Mapa de Veneza vai te ajudar a descobrir as belezas desta cidade e para continuar o seu passeio veneziano você poderá visitar a Basílica dos Santos Giovanni e Paolo, o lugar de sepultamento dos Doges e a Igreja de Santa Maria Formosa ou as Galerias da Academia localizadas na sede histórica da Grande Escola de Santa Maria della Carità

Veneza: Atrações